Erros e omissões contribuíram para o assassinato de Bernardo

Erros e omissões contribuíram para o assassinato de Bernardo

Foi no dia 14 de novembro de 2013, em uma reunião de rotina da rede de proteção à infância de Três Passos, que o nome de Bernardo Uglione Boldrini, de 11 anos, apareceu pela primeira vez entre os representantes das entidades incumbidas de defender crianças da violência de pais e parentes.

Amiga diz que ajudou a matar Bernardo por dinheiro

Amiga diz que ajudou a matar Bernardo por dinheiro

A assistente social Edelvania Wirganovicz contou que receberia 20 mil reais para ajudar a madrasta a esconder o corpo do garoto

A assistente social Edelvania Wirganovicz ajudou a matar o menino Bernardo Boldrini, de 11 anos, por R$ 20 mil. A informação foi divulgada ontem pelo jornal Zero Hora, de Porto Alegre, que teve acesso ao depoimento que a mulher deu à polícia, em 14 de abril.

Menino de 12 anos é agredido por torcedores dentro de ônibus; motorista levou o coletivo para o 8º DP

Menino de 12 anos é agredido por torcedores dentro de ônibus; motorista levou o coletivo para o 8º DP

Cinco jovens que seguiam para o jogo do Paraná Clube na tarde deste sábado agrediram um menino de apenas 12 anos dentro de um ônibus no terminal da Cidade Industrial de Curitiba (CIC). O menor estava com a mãe e a caminho de uma festa de aniversário e segurava uma blusa do Coritiba. Revoltado com a agressão, o motorista fechou as portas mantendo os agressores dentro do ônibus e foi para o 8 º Distrito Policial.

Garoto sofre queimaduras em 70% do corpo; Graer auxilia no socorro

Garoto sofre queimaduras em 70% do corpo; Graer auxilia no socorro

Um helicóptero do Graer precisou socorrer um adolescente em Ponta Grossa, nos Campos Gerais, ontem à noite. Isto porque ele teve 70% do corpo queimado enquanto tentava acender uma churrasqueira com etanol. O menino de 14 anos foi trazido ao Hospital Evangélico de Curitiba, em estado gravíssimo. 

Page 1 of 3