Rodovia João Leopoldo Jacomel será duplicada

rodovia_protesto

Depois de muitos pedidos e protestos da população de Pinhais e Piraquara, a Rodovia João Leopoldo será duplicada. Ontem o governador Beto Richa assinou a ordem de serviço para o início da elaboração do projeto executivo da duplicação da PR-415, no trecho entre Pinhais e Piraquara, na Região Metropolitana de Curitiba. Também haverá intervenção para aumentar a capacidade de fluxo a partir do Rio Atuba, na divisa com a capital. Serão investidos R$ 2,4 milhões nesta fase e a previsão é licitar as obras até 2014. 

O governador afirmou que a estimativa inicial é de um investimento de R$ 40 milhões na obra e que os recursos serão provenientes da economia de gastos da Assembleia Legislativa. “A duplicação da rodovia é uma decisão inadiável. Uma antiga reivindicação destes dois municípios, que atende também os usuários de toda a região da capital”, afirmou Richa.

Diariamente trafegam pela estrada mais de 35 mil veículos. A PR-415 é utilizada como ligação também ao município de Quatro Barras e ao Contorno Leste de Curitiba, com acessos aos estados de São Paulo e Santa Catarina e ao Litoral do Paraná. “Este é um dos trechos rodoviários mais sobrecarregados do Paraná que teve nos últimos anos o aumento no número de acidentes, muitos com vítimas fatais”, acrescentou Richa.

A elaboração do projeto executivo será realizado pela empresa Concremat Engenharia e Tecnologia S/A. A primeira etapa da obra contempla o trecho entre Curitiba e Pinhais, com a construção de mais uma pista, ao longo de 3,9 quilômetros, entre o Rio Atuba e o Carrefour. O prazo de conclusão do projeto é de 180 dias.

A segunda fase, no trecho entre Pinhais e Piraquara, vai determinar onde é possível duplicar ou implantar terceira faixa, ao longo dos 10 quilômetros. Por causa dos mananciais, o estudo vai analisar qual a melhor medida para ampliar a capacidade de trânsito dos veículos. Este projeto será concluído em 270 dias.

“A duplicação da rodovia João Leopoldo Jacomel, entre Pinhais e Piraquara, foi prometida por outros governadores, mas cumprida por Beto Richa”, disse o prefeito de Piraquara, Marcus Maurício de Souza Tesserolli. “Desde a sua construção na década de 1970, a rodovia não teve nenhuma ampliação. Hoje o governo estadual torna esta necessidade uma realidade”, destacou o prefeito de Pinhais, Luiz Goulart.

O presidente do Rotary Clube de Piraquara, Amauri Ribeiro, destacou a agilidade do governador Beto Richa em iniciar o projeto de duplicação da rodovia. No ano passado, representantes do movimento em prol da duplicação da PR-415 e do Rotary Clube de Pinhais e Piraquara entregaram ao governador um abaixo-assinado com 12 mil assinaturas de moradores da região, solicitando a obra.

OUTRAS OBRAS – O governador já anunciou outras obras em rodovias da Região Metropolitana de Curitiba que vão garantir mobilidade e mais segurança aos usuários. “É uma série de ações na região Metropolitana de Curitiba que beneficiam a população de diversas regiões”, disse o secretário estadual de Infraestrutura e Logística, José Richa Filho.

Serão duplicados 28,7 quilômetros da rodovia dos Minérios (PR 092), na ligação entre Curitiba, Almirante Tamandaré e Itaperuçu. O projeto e as obras serão feitos em parceria com o Grupo Votorantim, que investirá R$ 181 milhões.

Outra duplicação prevista é do Contorno Norte de Curitiba. O Governo do Paraná vai lançar edital para elaboração do Estudo de Viabilidade Técnica, Econômica e Ambiental do Contorno Norte. Ao ser concluído este estudo, o documento será entregue ao governo federal para que execute a obra, duplicando o trecho que liga Campo Largo até Colombo. O restante do Contorno Norte precisa ser feito pela concessionária Autopista Régis Bittencourt, que detém a concessão para exploração da BR-116 entre Curitiba e São Paulo.

A duplicação da Rodovia da Uva (PR-417), entre Curitiba e Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba, receberá investimento de R$ 37 milhões, com a construção de pistas marginais, ciclovias, novas calçadas com rampas de acesso, além de semáforos e paisagismo.

Participaram da audiência com o governador, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Valdir Rossoni; o líder do governo na Assembleia Legislativa, deputado Ademar Traiano; os deputados estaduais Alexandre Curi, Francisco Buhrer, Kielse Crisóstomo, Stephanes Junior, Nelson Justus, Rasca Rodrigues; e o coordenador da Coordenadoria da Região Metropolitana de Curitiba (Comec), Rui Hara.

Próxima notícia:
Notícia anterior:
This article was written by

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>